Topo da página

Pesquisa

Conteúdo do site

Coluna esquerda

Coluna do centro

Miss Universo vem ao Ceará divulgar ações de combate à desertificação

Angolana Leila Lopes visita projeto que recuperou áreas degradadas em Canindé

Miss Universo 2011 e embaixadora da Convenção das Nações Unidas para o Combate à Desertificação (UNCCD), a angolana Leila Lopes está no Ceará para divulgar e ressaltar a importância de projetos fundamentados no manejo adequado da terra e no acesso e uso racional da água potável em áreas degradadas. Em coletiva de imprensa, na tarde dessa segunda-feira, 18 de junho, em Fortaleza, ela enalteceu o trabalho de entidades e pessoas que buscam transformar a vida de quem vive em regiões áridas. “Depois que fui nomeada embaixadora da UNCCD, conheci iniciativas que dão resultados positivos em algumas comunidades. Assim, percebi que o combate à desertificação não deve ser um trabalho somente dos governos, mas as pessoas também têm que se envolver nessa questão. Essas populações devem ser ensinadas a melhorar suas terras ao invés de deixa-las”, disse Leila Lopes.

A coletiva de imprensa contou ainda com a presença do secretário-adjunto da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Secitece), Almir Bittencourt, do presidente da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), Eduardo Sávio Martins, e da diretora de comunicação da UNCCD, Wagaki Mwangi.

“É fundamental divulgarmos os projetos bem sucedidos que ajudam a mitigar os impactos da desertificação. No Ceará, temos cerca de 90% de nossa área com clima semi-árido e a convivência com a escassez de água tem que acontecer da forma menos danosa para as pessoas que vivem nessas regiões. Os governos federal e estadual têm investido cada vez mais no mapeamento das áreas desertificadas e em programas que conscientizam as comunidades sobre o manejo adequado da terra e sobre o uso racional dos recursos hídricos”, destaca o presidente da Funceme.  

No início da noite de ontem, a comitiva da UNCCD foi recebida pelo governador Cid Gomes no Palácio da Abolição, onde as características geográficas do Ceará, bem como a climatologia do Estado, foram as pautas da conversa.

Áreas degradadas recuperadas

Na agenda de Leila Lopes, está marcada uma visita, na manhã de terça-feira, dia 19 de junho de 2012, às comunidades que vivem nas proximidades da Bacia do Rio Cangati, no município de Canindé, para ver de perto as intervenções do Programa de Desenvolvimento Hidroambiental (PRODHAM) no local.

Iniciado em 1999 e realizado pela parceria entre SRH e Funceme, o PRODHAM buscou estabelecer, junto à comunidade local, um modelo de gestão participativa dos recursos hídricos, realizando para isso, investimentos em capacitação dos diversos atores sociais envolvidos das áreas trabalhadas, objetivando introduzir a cultura preservacionista dos recursos naturais, especialmente o solo, a água e vegetação. O programa englobou uma área total de 7.000 hectares no município de Canindé.

Entre as práticas utilizadas pelo PRODHAM destacam-se:

> Construção de infra-estruturas para evitar as perdas de solo e água (terraços verdes, cordões de contorno, barragens de pedra sucessivas, barragens subterrâneas, cisternas e poços profundos);

> Envolvimento ativo das comunidades locais para o manejo e uso produtivo dessas infra-estruturas;

> Educação ambiental dos produtores rurais e populações das microbacias, com a incorporação de temas ambientais na rotina escolar;

> Assistência técnica para utilização econômica das áreas cultivadas;

> Manejo florestal e reflorestamento;

> Controle dos agentes poluidores;

> Identificação e fortalecimento de atividades econômicas não-agrícolas para reduzir a pressão sobre os recursos naturais;

> Capacitação de técnicos e produtores em práticas conservacionistas;

> Adoção de tecnologias adequadas de gestão dos recursos naturais e de produção rural;

> Monitoramento das atividades e resultados do Programa com o envolvimento da população.


Vários benefícios resultaram das atividades desenvolvidas pelo PRODHAM podendo-se destacar, o equilíbrio ecológico com o ressurgimento de formas de vida vegetal e animal; a melhoria da qualidade da água pela redução dos sedimentos; o aumento da oferta de pasto para o verão; a reposição da mata ciliar com a consequente sustentação dos solos, evitando a sua perda no período chuvoso; o aumento da produtividade das culturas de sequeiro pelo aumento da maior oferta de umidade para as culturas; o aumento da oferta de água de cisterna para o consumo humano; o aumento da oferta de água para outros usos; a ação em outras atividades produtivas geradoras de renda e o aumento da consciência conservacionista no homem do campo para que este se sinta também responsável pela preservação e recuperação do meio em que vive.

Leila Lopes

Nascida na província de Benguela, em Angola, Leila Lopes ganhou visibilidade mundial ao ser eleita Miss Universo, no concurso realizado em setembro de 2011, em São Paulo. Desde que foi coroada, ela tem servido como porta-voz para o avanço no tratamento de portadores de HIV, além de atuar como embaixadora da UNCCD. Ela também se dedica a várias outras causas sociais que trabalham com jovens, crianças, idosos e mulheres, principalmente nas questões educacionais.

 

Serviço:
Visita a Canindé
Dia 19/06/2012
09:30h
Bacia do Rio Cangati – (a 37 km da entrada da sede do Município, seguindo pela BR-020 em direção ao município de Boa Viagem)

 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Funceme
Guto Castro Neto - (85) 8814-4194
18 de junho de 2012

Coluna direita

Previsão para Fortaleza

 ◄◄  ◄  ►►  ► 
SETEMBRO 2019
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Voltar ao topo da página

Rodapé da página

Avenida Rui Barbosa, 1246, Aldeota - Fortaleza/CE - CEP.: 60.115-221

Fone: (85) 3101.1088 - Fax: (85) 3101.1093 - Email: funceme@funceme.br

Copyright © 2014 - Governo do Estado do Ceará. Todos os direitos reservados