Topo da página

Pesquisa

Conteúdo do site

Coluna esquerda

Coluna do centro

Novo prognóstico mantém risco de estiagem no CE em 2014

Documento apresentado pela Funceme mostra tendência de chuvas irregulares até maio

Em janeiro de 2014, choveu no Ceará somente 46,7mm enquanto a média para o mês é de 98,7mm. Nas três primeiras semanas de fevereiro, as precipitações apresentam déficit de 21%. Esse quadro de poucas chuvas torna-se ainda mais grave pelo fato de o Estado registrar, desde 2012, uma das piores estiagens dos últimos 50 anos. Dessa forma, segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) a previsão climática pra os meses de março, abril e maio não é animadora, apesar de mostrar uma tendência de leve melhora. 

 

 

 

Durante a reunião semanal do Comitê Integrado de Combate à Seca no Ceará, que ocorreu na manhã desta segunda-feira, 24 de fevereiro, o presidente da Funceme, Eduardo Sávio Martins, apresentou o prognóstico das chuvas para os próximos três meses. O documento mostra probabilidade de 40% para que as chuvas fiquem abaixo da média, 40% de chances de precipitações em torno da média e somente 20% de probabilidade de chover acima da média no Ceará. “O quadro se mantém bastante preocupante. Houve uma melhora discreta em relação ao que mostramos no fim de janeiro, mas devemos nos preparar para um ano de poucas chuvas, principalmente por estarmos com níveis críticos na maior parte dos açudes monitorados pela Cogerh”, alertou.

Dois cenários

Eduardo Sávio explicou ainda que a maior parte dos modelos atmosféricos que servem de base para a previsão objetiva que Funceme divulga apontam tendência de cenários diferentes nas macrorregiões do Ceará. “Na parte Noroeste, que engloba a região da Ibiapaba, faixa litorânea e um pouco do Centro-Norte, os modelos preveem o acumulado de precipitações em torno da média até maio. Já na parte Centro-Sul do Estado, a tendência é de chuvas abaixo da média nos próximos três meses”.

Açudes

A preocupação com os níveis dos reservatórios deve ser uma prioridade, assevera Ramon Rodrigues, secretário-executivo da Secretaria de Recursos Hídricos (SRH). “Tivemos eventos de chuva neste ano, alguns até intensos, mas não houve recarga significativa nos grandes açudes. Seria necessário uma continuidade de dias com boas precipitações para revertermos esse quadro”. 

Na reunião do Comitê, houve também a apresentação do Programa de Instalação de Adutoras de Montagem Rápida (AMR) que será executado pela Cogerh, sob a supervisão da SRH. A apresentação foi feita pelo Diretor de Operações do órgão, Ricardo Adeodato.

Na primeira fase foram investidos R$ 32,5 milhões na construção de 10 adutoras emergenciais, infraestruturas hídricas que garantiram segurança hídrica para a população de Acopiara, Canindé, Caridade, Crateús, Beberibe, Coreaú, Moraújo, Madalena, Pecém, Tauá e Meruoca. Foram mais de 130km de adutoras de montagem rápida construídos em apenas 90 dias.

Na segunda fase do projeto o investimento foi da ordem de R$ 15,4 milhões. Foram construídas seis adutoras de montagem rápida, cerca de 87km de tubos e conexões. Nesta fase foram beneficiados os municípios de Campos Belos, Caridade, Fortim, Pacujá, Graça, Parambu, Pindoretama e Potengi.

Com a aprovação da terceira fase do plano, o Governo do Estado pretende investir mais R$ 54,2 milhões na construção de 406km de adutoras emergenciais de montagem rápida,investimento que reforçará o abastecimento e garantirá segurança hídrica para os municípios de Crateús, Caridade, Canindé, Nova Russas, Tauá, Caririaçu, Irauçuba, Alcântaras, Quiterianópolis,Potiretama e Maranguape. Com a execução das três fases do Plano de Implantação de Adutoras Emergenciais mais de 500 mil cearenses estão sendo beneficiados.

Atualmente o estado do Ceará acumula cerca de 5,5 bilhões de metros cúbicos de água,cerca de 29,8% da sua capacidade total de armazenamento.

Convivência com a Seca


O secretário do Desenvolvimento Agrário, Nelson Martins, destacou que as políticas de convivência com a seca do Estado estão em plano andamento. "O Estado do Ceará é um dos mais bem preparados para conviver com a seca, temos o reconhecimento inclusive do Governo Federal". Segundo ele, além das ações emergenciais, projetos estruturantes para o Estado do Ceará estão em andamento, como a construção de cisternas e de sistemas de abastecimento d'água. “Mais de R$ 600 milhões estão sendo investidos e não tem faltando apoio do Governo do Estado nem do Governo Federal para esta iniciativa”, afirmou.

Nelson Martins destacou ainda as ações emergenciais em andamento, como o Garantia-Safra, que vai pagar em 2014 R$ 850 divido em cinco parcelas para mais de 334 mil agricultores familiares. “O Estado do Ceará vai investir R$ 26,56 milhões, para pagar o benefício a todos os agricultores cadastrados, e estamos aguardando que as Prefeituras Municipais finalizem a sua adesão para o que o pagamento às famílias seja iniciado o quanto antes”, apelou o secretário, informando que as Prefeituras Municipais devem aderir ao Programa pagando R$ 38,25 por agricultor cadastrado no município.

El Niño

O presidente da Funceme também mostrou preocupação com a possibilidade da configuração do fenômeno El Niño no segundo semestre deste ano. “Desde o mês passado estou alertando as autoridades para que, além das ações emergenciais, sejam tomadas decisões permanentes. Os modelos mostram um forte sinal de El Niño e isso pode ser um indicado de poucas chuvas em 2015. Não estou fazendo previsão para o próximo ano, é muito cedo para isso, mas acredito que devemos nos preparar para a pior situação.


Fonte: Assessorias de Comunicação da Funceme, SDA e Cogerh
24 de fevereiro de 2014

Coluna direita

Previsão para Fortaleza

 ◄◄  ◄  ►►  ► 
SETEMBRO 2019
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Voltar ao topo da página

Rodapé da página

Avenida Rui Barbosa, 1246, Aldeota - Fortaleza/CE - CEP.: 60.115-221

Fone: (85) 3101.1088 - Fax: (85) 3101.1093 - Email: funceme@funceme.br

Copyright © 2014 - Governo do Estado do Ceará. Todos os direitos reservados