Topo da página

Pesquisa

Conteúdo do site

Coluna esquerda

Coluna do centro

Funceme alerta para baixa umidade relativa do ar no Ceará

Até em cidades litorâneas, como Fortaleza, sistema de Alta Pressão Atmosférica deixa o ar seco nos próximos dias

O ar seco é um fenômeno que, normalmente, preocupa a população de cidades do Interior do Ceará. Entretanto, nesta semana, um sistema de Alta Pressão Atmosférica está deixando a umidade relativa do ar baixa até na faixa litorânea. A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), registrou, no dia 12 de agosto de 2014, ao meio-dia, em Fortaleza, 28% de umidade relativa do ar, nível considerado de “Atenção” pela Organização Mundial da Saúde (OMS).



“Não é comum termos níveis tão baixos assim em cidades litorâneas do Ceará, mas um Sistema de Alta Pressão está inibindo a formação de nuvens em todo o Estado e a consequência é a queda da umidade. A população deve ficar atenta e tomar os cuidados necessários, pois esse sistema deve atuar, pelo menos, até o sábado, dia 16”, alerta o meteorologista Leandro Valente.



A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera como ideal a umidade do ar acima de 60%. É considerado estado de observação os níveis de 40% a 31%. Quando a umidade cai abaixo dos 30%, há estado de atenção. Se a umidade atingir níveis entre 20% e 12%, é decretado o estado de alerta. Abaixo disso, é considerado estado de emergência.

Efeitos

Os efeitos comuns do ar seco na saúde são:
- Ressecamento de mucosas do nariz e garganta;
- Nariz entupido ou com sangramento, espirros, tosse, dificuldade para respirar, rinite e crises de asma;
- Aumento do risco de infecções respiratórias
- Piora das doenças respiratórias pré-existentes, como bronquite, asma, enfisema, rinite e outras;
- Ressecamento da pele;
Irritação dos olhos por ressecamento, com vermelhidão, ardência, sensação de areia nos olhos, coceira e aumento das conjuntivites alérgicas.

Como se proteger

Os médicos recomendam algumas medidas para diminuir os efeitos do ar seco no corpo:
- A não ser que haja contraindicação médica, beba muita água, principalmente idosos, crianças e quem fica muito tempo em ambientes com ar-condicionado.
- Evitar exercícios físicos moderados ou intensos, principalmente em vias de grande movimento;
- Idosos, e portadores de doenças respiratórias ou cardíacas devem evitar exercício moderado ou intenso em qualquer local;
- Mantenha arejados os ambientes internos da casa e do trabalho e evite cortinas ou carpetes que acumulem poeira;
- Não tomar banho com água muito quente, pois aumenta o ressecamento da pele. Procurar usar creme hidratante e protetor labial;
- Umidifique os ambientes com umidificadores ou toalhas molhadas e recipientes com água.


Fontes: Assessoria de Comunicação da Funceme, OMS e Ministério da Saúde
13 de agosto de 2014

Coluna direita

Previsão para Fortaleza

 ◄◄  ◄  ►►  ► 
OUTUBRO 2019
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Voltar ao topo da página

Rodapé da página

Avenida Rui Barbosa, 1246, Aldeota - Fortaleza/CE - CEP.: 60.115-221

Fone: (85) 3101.1088 - Fax: (85) 3101.1093 - Email: funceme@funceme.br

Copyright © 2014 - Governo do Estado do Ceará. Todos os direitos reservados