Topo da página

Pesquisa

Conteúdo do site

Coluna esquerda

Coluna do centro

Monitor de Secas: validadores reunidos em Recife

Após encontro, ANA passa a ser instituição central permanente da iniciativa

Ministério da integração Nacional (MIN), Agência Nacional de Águas (ANA) e Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC), apoiados pelo Banco Mundial, realizaram em Recife, nos dias 31 de março e 1º de abril de 2015, o “Treinamento para Validadores do Monitor de Secas”. Durante a Reunião, a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), instituição central da fase experimental de criação do mapa oficial da estiagem no Nordeste Brasileiro, passou à ANA a função de organizadora permanente do Monitor.



A oficina do dia 31, teve a participação do Climatologista Brian Fuchs, da School of Natural Resources (Escola de Recursos Natural), da Universidade de Nebraska-Lincoln-(EUA), da representante do Banco Mundial, Carmem Molejon, diretor-presidente da APAC - (entidade que hospedou a Oficina), Marcelo Asfora, o presidente da Funceme, Eduardo Martins, entre outros da Região Nordeste.



Os trabalhos da primeira Oficina foram direcionados aos Autores , com discussão do processo de geração e atualização do Mapa de indicadores de seca, com o objetivo de fortalecê-los. A segunda Oficina, na quarta-feira, contou com a rede de Validadores:  SEMARH(AL/SE), INEMA(BA), COCERH e FUNCEME(CE), NUGEO/UEMA(MA), AESA(PB), SEMAR(PI), EMPARN(RN) e a APAC(PE), que formam a rede de validação do Monitor regional.

Experiência

O Monitor de Secas, surgiu a partir dos conhecimentos adquiridos nos EUA e México, relativos ao Drought Monitor,(Monitor de Secas),tendo iniciado a Fase Experimental, em agosto de 2014,quando foi realizado o “Treinamento de Metodologia do Monitor”, ocasião em que os estados do Nordeste foram capacitados nesse instrumento de Monitoramento com apoio do Banco Mundial.

O Monitor é na verdade uma ferramenta  de Monitoramento da Severidade da Seca, graduada por diferentes categorias relativas à intensidade do evento e impactos decorrente e associados, tanto no que se refere a curto ou a longo prazo.

Ele não é simplesmente um produto fornecido de forma automática, mas um processo que incorpora a convergência de evidências baseada em indicadores de seca, com a experiência de profissionais ligados às questões  da seca e a situação local, produzindo como resultado um Mapa com atualização mensal, elaborado  em uma parceria com "Autores", responsáveis pela avaliação dos indicadores de seca e produtos de apoio e traduzindo as informações no Mapa, e os "Validadores", que se incubem de trazer a informação local para verificar o traçado do "Autor", com apoio  da" Instituição Central", com  função de preparar os dados, calculando os indicadores e apoiando nas questões logísticas do traçado.

O desenho da ferramenta, como "Instrumento" de Suporte  de Decisão,(Decision Maker) teve início no final de 2013,envolvendo atores federais e estaduais, para a construção das propostas operacional e institucional, que garantam o desenvolvimento, longevidade e transparência do processo, permitindo definir gatilhos para disparar num  nível macro, ações de caráter preparatório e emergencial de forma gradual, em função da severidade da seca, e com uma base de conhecimento única para a União e os Estados.

A cada mês novos dados são gradativamente incorporados ao projeto do traçado inicial, assim como novos indicadores de seca, além de produtos de apoios, ao mesmo tempo em que a plataforma tecnológica e automação do fluxo de dados são consolidados. É um processo sólido e funcional, cuja versão atual permite que os resultados do Monitor da Seca ,sejam disponibilizados de forma operacional para todos os entes estaduais  ou federais e toda rede e diferentes setores ligados, ou envolvidos com a seca.


Fonte: APAC-PE e Funceme
2 de abril de 2015

Coluna direita

Previsão para Fortaleza

 ◄◄  ◄  ►►  ► 
SETEMBRO 2019
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Voltar ao topo da página

Rodapé da página

Avenida Rui Barbosa, 1246, Aldeota - Fortaleza/CE - CEP.: 60.115-221

Fone: (85) 3101.1088 - Fax: (85) 3101.1093 - Email: funceme@funceme.br

Copyright © 2014 - Governo do Estado do Ceará. Todos os direitos reservados