Topo da página

Pesquisa

Conteúdo do site

Coluna esquerda

Coluna do centro

Programador da Funceme ganha concurso nacional de fotografia

Bruno Zaranza participou de expedição do órgão para montar banco de imagens da seca e ganhou prêmio da ABRH

Motivados pela informação de que um banco da praça da antiga cidade de Jaguaribara estava aparente (o município foi desocupado e inundado durante a construção do Açude Castanhão, o maior do Ceará, inaugurado em 2002), um grupo de quatro técnicos da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), todos fotógrafos amadores, viajou, em outubro deste ano, pelo Sertão Central e Região Jaguaribana com o objetivo de montar um banco de imagens da Seca que assola o Estado há quatro anos. A expedição rendeu cerca de 3.000 retratos fidedignos do impacto da estiagem nas paisagens sertanejas e alguns se destacam em prêmios de fotografia e em publicações técnicas.

Na luz do cair da tarde, uma rústica embarcação ancorada no raso espelho d’água que ainda brilha, circundada pelo solo de terra rachada no açude Banabuiú, foi uma das imagens capturadas pela lente do programador Bruno Zaranza, da Funceme. A foto foi a vencedora na categoria Comunidade do concurso de fotografias do XXI Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, evento que termina hoje, em Brasília, realizado pela Associação Brasileira de Recursos Hídricos (ABRH). De todas as imagens participantes, 30 foram selecionadas para a final e o melhor clique foi escolhido em votação popular pela internet e pelos participantes do Simpósio.



“Comecei a fotografar em janeiro deste ano, quando adquiri minha primeira câmera profissional. Peguei algumas dicas com o colega Leandro Castro, mais experiente nessa área de fotografia e esse prêmio me estimula a aprender ainda mais”, comenta Zaranza.

Outra imagem da expedição que ganhou destaque foi feita justamente pelo analista Leandro Castro, que contabiliza 23 anos de experiência como fotógrafo amador. A foto da capa do nono livro da série “Águas Brasil”, publicação da Agência Nacional das Águas (ANA), em parceria com o Banco Mundial, foi tirada na barragem do Castanhão, num dia de sol a pino, com a parede do lado montante do açude totalmente seca, sem água para represar acompanhada de uma rala vegetação insistindo em lançar tons de verde na paisagem marrom e cinza. “Quis participar da expedição por que sabia que esses contrastes renderiam imagens interessantes. Apesar da complicação da luz excessiva do sertão, é possível conseguir composições com espelhos d’água, chão rachado e céu azul com nuvens, resultando em grandes fotos”.



Também participaram da expedição, a mestre em física, Juliana Oliveira e o oceanógrafo Giullian Reis, este tendo foto entre as 30 finalistas do prêmio da ABRH. De acordo com Juliana, o banco de imagens também terá utilidades técnicas. “Como fotografamos vários açudes da Bacia do Jaguaribe, como Cedro, Quixeramobim, Banabuiú, Fogareiro e Castanhã, vamos também utilizar essas imagens para publicações do Monitor de Secas do Nordeste e portfólios de projetos e relatórios de pesquisas que desenvolvemos nessas regiões”.





O resultado da expedição pode ser uma justificativa para futuras viagens da equipe de fotógrafos amadores. “O mapa do Monitor de Secas de novembro mostrou avanço da estiagem e já estamos planejando novas áreas do Ceará para visitarmos e aumentar o banco de imagens”, adianta Giullian Reis.


Fonte: Assessoria de Comunicação da Funceme
27 de novembro de 2015

Coluna direita

Previsão para Fortaleza

 ◄◄  ◄  ►►  ► 
SETEMBRO 2019
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Voltar ao topo da página

Rodapé da página

Avenida Rui Barbosa, 1246, Aldeota - Fortaleza/CE - CEP.: 60.115-221

Fone: (85) 3101.1088 - Fax: (85) 3101.1093 - Email: funceme@funceme.br

Copyright © 2014 - Governo do Estado do Ceará. Todos os direitos reservados