Topo da página

Pesquisa

Conteúdo do site

Coluna esquerda

Coluna do centro

Projeto busca melhorar previsão do tempo em curtíssimo prazo no Brasil

Coordenada pelo CPTEC e com financiamento do CNPq, pesquisa tem parceria com centros estaduais como a Funceme

Na manhã da quarta-feira, 9 de março de 2016, um grupo de pesquisadores do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) visitou a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). A visita faz parte da segunda fase do projeto “Suporte à Previsão de Curtíssimo Prazo Através da Assimilação de Dados em Ciclo de Atualização Rápida”, no qual as duas instituições, além de outros núcleos regionais de meteorologia no Brasil, se esforçam para melhorar a previsão do tempo no intervalo de 0 a 6 horas.



Coordenado pelo pesquisador Gustavo Gonçalves, do CPTEC, o projeto é financiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e tem como principal objetivo a incorporação de informações locais para melhoria da performance dos modelos regionais e globais do Inpe em previsões de curtíssimo prazo. “Queremos somar a expertise do Inpe em assimilação de dados nos modelos de previsão com a expertise da Funceme em informações meteorológicas da região”, explica o coordenador da pesquisa.

Na prática, as instituições têm o intuito de, aqui no Ceará, unir as informações do Radar Meteorológico de Quixeramobim, operado pela Funceme, aos dados considerados pelos modelos de previsão do tempo. O resultado esperado é uma previsão de curtíssimo prazo mais confiável, melhorando o tempo resposta e ação em eventos extremos. “Iniciamos o projeto no Inpe, desenvolvendo os sistemas de assimilação de dados. Agora, em março, estamos visitando os parceiros e temos a expectativa de ter um modelo protótipo, com as imagens dos radares incorporadas, operando no próximo verão”.

Os benefícios da melhoria dos modelos e os consequentes impactos positivos para a sociedade serão compartilhados com todos os envolvidos no projeto, uma vez que as informações serão utilizadas nas previsões de curtíssimo prazo para todo o País.

Espelho

Após a visita na Funceme, os membros do projeto destacam uma função estratégica do órgão cearense: “A equipe da Funceme é excelente e já fala a mesma linguagem do Inpe. Vocês fazem modelagem e operam radares. Estamos certo de que o retorno com as informações do Ceará será muito mais rápido e deverá servir de espelho para os outros centros estaduais”, ressalta o pesquisador Dirceu Herdies, do CPTEC.

Ele lembra que o pesquisador cearense Iury Leandro, que já trabalhou na Funceme, está lotado desde janeiro no Inpe como bolsista do projeto.


Fonte: Assessoria de Comunicação da Funceme
10 de março de 2016

Coluna direita

Previsão para Fortaleza

 ◄◄  ◄  ►►  ► 
SETEMBRO 2019
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Voltar ao topo da página

Rodapé da página

Avenida Rui Barbosa, 1246, Aldeota - Fortaleza/CE - CEP.: 60.115-221

Fone: (85) 3101.1088 - Fax: (85) 3101.1093 - Email: funceme@funceme.br

Copyright © 2014 - Governo do Estado do Ceará. Todos os direitos reservados